sexta-feira, novembro 11, 2005

Televisão, Meio de Comunicação ou de Estupificação?

Ás vezes não compreendo como é que um determinado canal de televisão pode ser líder das audiências, onde os programas que passam são autênticos atentados à inteligência humana (ou ao que resta dela). Não sei em que é que se baseiam as estatísticas efectuadas. De certeza que não podem ser aleatórias, não acredito que haja pessoas tão estúpidas em Portugal… De certeza que as estatísticas são feitas na aldeiazinha de cascos de rolha de não sei donde, onde as revistas de leitura habitual são a Maria e a Mariana, e os jornais são a Bola e o Record, e onde o que realmente preocupa é se sicrano e beltrano da telenovela x e y se casam com a Joana ou com a Juliana. Ou então se quem vai à frente do campeonato é o Benfica ou o Sporting. Os homens coçam os tomates, põem o palito na boca, falam mal da política (da qual não percebem um corno, e não têm os primeiros para tomar qualquer atitude), de futebol, e da sua última ida às putas no bordel mais próximo da zona. As mulheres, vivem ainda naquele regime de fêmea oprimida, onde não têm qualquer opinião de sobre nada, e apenas o homem domina, onde o objectivo de vida é ser boa dona de casa. O trabalho que têm apenas serve para ocupar tempo.
A esta espécie de tipos de vida é que a televisão líder das audiências pode estar cingida. Mas não acredito que seja só isto que exista em Portugal.
Mesmo na altura em que se vê mais televisão, falo nos telejornais, o líder das audiências não retrata verdadeiramente notícias diárias, tem apenas 10 minutos referentes a estas, e os restantes 50 minutos, são apenas notícias de merda (falando Português e depressa). Notícias essas que poderiam estar num outro programa com um título diferente… Um estilo “a miséria em Portugal” ou uma coisa do género. Nunca num telejornal!!!

Mas também agradeço que esse canal de televisão só passe programas de índole intelectual fraca, porque assim permite que perca menos tempo em zapping e ganhe mais tempo para ler e trabalhar, enquanto os programas interessantes nos não líder (canal 2, por exemplo!) estejam em intervalo!

2 Comments:

Blogger Israel Geraldes Escreveu...

olá, antes de mais queria agradecer a tua passagem pelo meu blog (pulando no imaginario), em relação a este artigo devo dizer que concordo inteiramente com a tua opinião, sabes é que infelizmente muito do nosso país vive da mediocridade e do vazio de espirito, por isso é dificil a cultura ter audiência. Parabéns pela forma concisa e objectiva com que analisas os temas.

9:09 da tarde  
Blogger myGuitar Escreveu...

Felizmente que ainda existem meios de estupidificação em massa! Caso contrário iriamos passar a ter homens com palito nos dentes e braguilha aberta a passear em museus ou a ter o seu blog onde podiam difundir a sua diarreia cerebral para qualquer infeliz que tivesse o azar de clickar no seu link.
Por outro lado, se utopicamente, as pessoas quisessem efectivamente aprender e empregar o seu tempo a adquirir conhecimento a nossa sociedade rápidamente iria pelo esgoto; o sálario minimo já não chegava, o futebol deixava de ser o ópio do povo, o governo tinha de começar a funcionar; as prisões ficavam lotadas...
Humm...Felizmente temos novelas e big brothers!

9:23 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

/body>