sexta-feira, dezembro 16, 2005

A Campanha e as Mulheres

Nesta campanha para as eleições presidenciais, uma das coisas que me está a meter profunda repulsa é quando os candidatos se referem apenas às mulheres. Não compreendo o porquê de um ou uma mandatária para as mulheres. Por muito boas intenções (ou más) que tenham, acho horroroso, pimba mais pimba não há. E porque é que não há um mandatário para os homens? Já agora, porque não um mandatário para os católicos, para os maçónicos, para os da opus dei e mesmo para os homossexuais e lésbicas. Isto soa-me sempre a uma perfeita hipocrisia… Não sei se sou eu que estou mal e só eu é que estou rodeada de pessoas com um QI ligeiramente acima da média… Na realidade podemos estar ainda naquela época em que as mulheres estudam, tiram licenciaturas (ou não), para depois servirem apenas para ser boas donas de casa e mães exemplares. Sem direito a realizar-se profissionalmente e pessoalmente. Pode ser que isto ainda esteja assim, e eu é que ainda não me apercebi e já vejo mudanças. Não compreendo como é que em pleno século 21, ainda se sigam as directivas dum padre qualquer merdoso mais castrado psicológico que outra coisa…
E mais, se somos todos eleitores à partida, as campanhas deviam ser assexuadas. Não interferir o facto do eleitor ser homem ou mulher. Isto em caso mais extremista faz-me lembrar a escravatura. Por acaso, as mulheres votam, e por acaso ainda são escravas duma pseudo-sociedade… Têm ainda de obedecer a umas pseudo-regras impostas pelo facto de terem nascido mulheres… E o que me choca é que revertem esta espécie de abolição de escravatura da forma mais ridícula possível imaginária. Cria-se um canal de televisão que é pseudo-virado para as mulheres, e agora os candidatos a presidentes da republica viram-se para nós como se por acaso fossemos gente.
Tenho a sensação que nos tratam como se vivêssemos à margem da sociedade, mas na realidade somos nós quem parimos!!! Pode ser que quando a lei do aborto for aprovada tenham mais tento na bola e lembrem-se que só nascem se nós quisermos!!!

3 Comments:

Blogger botinhas Escreveu...

O lugar das mulheres é na cozinha e a cuidar dos filhos!
Se houvesse um mandatário para os homens, ninguém daria por nada e nós, homens, estávamo-nos a borrifar. Mas como há para as mulheres, vcs ficam muito ofendidas porque querendo ser iguais estão já a marcar a diferença. Conclusão? É mesmo preciso uma mandatárias para as mulheres!

4:58 da manhã  
Blogger Guerreiro Escreveu...

As mulheres são diferentes, precisam de ser diferentes e ainda não representaram na política a sua diferença porque só estão lá os homens. Muito provavelmente se estivessem mais mulheres na assembleia a lei do aborto já seria muito mais liberal, mas porque isso é apenas uma questão que interfere principalmente com as mulheres.
As mulheres são capazes do que quiserem, não precisam de uma mandatária para lhes mostrar o caminho pois já se encontram em todo o lado. Se não chegaram ainda mais onde queriam não se queixem, mexam esses cús e façam alguma coisa.

1:13 da tarde  
Blogger diogo Escreveu...

"Quando uma Mulher quer, consegue o impossível." Calderon.

6:22 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

/body>