quarta-feira, janeiro 04, 2006

Ajuda-me a não me perder!

Dançando nas palavras tentando encontrar um meio para poder viajar ao interior mais ínfimo daquilo que o meu pensamento consegue ter. Procurar em ti o significado de tudo aquilo que me preenche e que fica por preencher neste vazio tão grande que cada vez mais se desloca do seu ser para se transformar numa máquina desprovida de qualquer sentimento e sentido de viver. Ajuda-me a não me perder.

1 Comments:

Blogger Guerreiro Escreveu...

Mas será que andas realmente perdida? Não sabes o que queres, o que gostas e o que faz sentir-te bem?
Se fores capaz de responder a estas perguntas não estás perdida, estás no bom caminho, nao podes é desiludir-te com contratempos.

7:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

/body>